Lugares mal assombrados no Brasil

Hoje é o famigerado Dia das Bruxas, dia 31 de Outubro. Conhecido no resto do mundo como Halloween, é uma data celebrada em diversos países, principalmente nos Estados Unidos.

A origem dessa celebração ainda é controversa, por existem várias teorias de onde se originou a festividade. Algumas das teorias falam que a data era no fim das colheitas e fogueiras eram feitas para afastar os maus espíritos.

Hoje em dia a data é utilizada para que, adultos e crianças, se fantasiem e vão de porta em porta na vizinha recebendo doces ou fazendo travessuras nas casas daquele que não tem doces para a criançada.

Aproveitando a data, separamos alguns dos lugares mais assustadores do Brasil.

 

Penitenciária de Cariri (Juazeiro do Norte – CE)

Os detentos da Penitenciária de Cariri, que fica em Juazeiro do Norte (Ceará) afirmam que a prisão é assombrada. Segundo eles, as janelas abrem e fecham sozinhas, e durante a noite às vezes se ouve choro feminino e lamentos.

A penitenciária seria assombrada pelos espíritos das mulheres que foram assassinadas por alguns detentos.

 

Mercado Modelo (Salvador – BA)

O Mercado Modelo é famoso em Salvador, na Bahia, e não é só por seu histórico de comércio. Os trabalhadores do mercado batem o pé e afirmam que os túneis utilizados pelo estabelecimento para o armazenamento de bebidas são assombrados.

De acordos com esses trabalhadores, é possível ouvir pedidos desesperados de socorro ecoando por eles, além de gemidos de dor. Segundo a história, isso acontece devido à antiga função do Mercado, que era utilizado para trancafiar escravos vindos da África durante o período escravocrata do Brasil.

 

Casarão Solar das Sete Mortes (Salvador – Bahia)

Esse casarão que existe desde os tempos coloniais, em Salvador (Bahia) é conhecido por ser assombrado, por causa da tragédia que este presenciou.

Conta-se que no século XVIII uma escrava da família residente envenenou seus patrões e filhos como forma de vingança pelas crueldades a ela impostas. Desde então, pode-se ouvir gemidos, crianças chorando e gritos de raiva no casarão.

 

Castelinho do Flamengo (Rio de Janeiro)

Hoje situado em meio a modernos prédios, o Castelinho do Flamengo (RJ) foi construído no final do século retrasado, onde vivia uma menina chamada Maria de Lourdes, juntamente com seus pais. Após a morte trágica destes, entretanto, Maria teve a guarda assumida por um tutor. Além de roubar os bens da menina, o sujeito ainda a tratava de forma cruel.

Há quem diga que o fantasma de Maria ainda pode ser ouvido no local, seja por meio de ruídos inexplicáveis ou de risos fantasmagóricos.

 

Edifício Joelma (São Paulo)

O edifício Joelma (depois rebatizado de edifício Praça da Bandeira), em São Paulo (SP), foi cenário de uma das maiores tragédias já registradas no Brasil. 1º de fevereiro de 1974, um incêndio turou a vida de 191 pessoas e deixou 300 outras feridas. Porém, antes mesmo da construção do prédio, um professor chamado Paulo Camargo assassinou sua mãe e suas irmãs no local, cometendo suicídio depois.

Isso foi mais do que suficiente para fazer correr comentários de que o local abriga algum tipo de maldição. Há quem diga que o motivo deve ser o fato de que até o final do século XIX havia ali um pelourinho (local destinado ao castigo público de criminosos).

Em toda vizinhança na infância sempre existem aqueles boatos de casarões assombrados.. E você, conhece mais algum lugar assombrado famoso? Comente nos nossas redes sociais as histórias de lugares assombrados da sua infância.

Você também pode gostar de