5 – Materias sustentáveis que você precisa conhecer

Olá! Vamos falar de um tema que é para a maioria dos profissionais e clientes a melhor parte da obra: OS ACABAMENTOS!!!


É nessa fase da obra que o efeito final se aproxima e tudo vai ficando lindo, mas é hora de muita atenção porque cada área necessita de materiais específicos e cada material possui uma especificação diferente.
Quando alinhamos sustentabilidade com acabamentos, principalmente os revestimentos, precisamos ficar atento para não cair no greenwashing e acabar levando gato por lebre. Muitas industriais usam e abusam de um marketing mentiroso para vender seus produtos, vale lembrar que produtos sustentáveis não podem ter uma faixa de preço inacessível ao publico. Devem ser economicamente viáveis desde a produção até o consumidor final. Temos até uma matéria sobre isso aqui: https://www.arqblog.com.br/curiosidades-na-arquitetura/5117/

Agora que você acabou de ler ou lembrou-se da nossa matéria sobre o Greenwashing vamos prosseguir e falar de revestimentos e acabamentos sustentáveis de verdade.

Textura
Um material parecido com uma textura qualquer, de um efeito parecido com tintas arenoso e deixam a parede uniforme e impermeável, mas existe uma enorme diferença nesse material chamado Terracor Eco, ele é um revestimento feito de 50% matéria reciclada, cerca de 30% de água de reuso. Um produto de grande durabilidade, resistente ao desbotamento que a maioria das tintas sofre devido à exposição dos raios UV, além de ser fácil de aplicar. Os pigmentos são de origem natural e livre de metais pesados.

 Madeira Plástica
Esse material é conhecido como WPC (wood Plastic Composite) basicamente um composto de agregados minerais ou vegetais como pó de madeira ou casca de arroz, e somado a resíduos de plásticos já utilizados, essa composição vem de misturas de plásticos diversificados e resulta em produto mais ecológico e totalmente reciclável. Na maioria das fabricas o produto é feito termicamente, através da termodinâmica, o material quente é pressionado para entrar em uma forma metálica. O produto final é um plástico maciço, bem resistente e com uma flexibilidade e impermeabilidade muito superior a da madeira. É ideal para substituir a madeira natural nos mobiliários externos e pode ser usada em estruturas e painéis decorativos.

Eco Granito
um revestimento a base de resinas acrílicas, coalescentes, espessastes, microbicidas não metálicos, cargas minerais inertes, pigmentos inertes e água. Um revestimento diferenciado de todas as outras texturas e massas para acabamentos possui uma aparência de granito natural. É aplicado de forma simples como texturas sobre reboco, madeira, vidros e até metal, por se tratar de uma textura ele pode ser aplicado em qualquer forma de superfície.

Pastilhas de garrafa PET
A produção se da por 98% de PET (garrafas de refrigerantes e água) tornando esse produto totalmente reciclável. Após o uso essas garrafas passam por um processo de limpeza, corte até virar farelos e no final são aquecidas e adicionadas 2% de outros materiais poliméricos, e se torna uma nova resina PET, pronta para ser reutilizada. O material final é muito resistente e pode ser aplicadas no piso e nas paredes, em áreas secas ou molhadas, a manutenção é simples, água e detergente neutro. A estimativa é que a PET leva 450 anos para atingir sua decomposição.
Mas graças à fabricação desse produto além de retirar PET dos rios, aterros e lixões, garantimos menos emissões de CO2 na atmosfera, além de gerar renda para coletores de recicláveis.

Madeira de demolição
Como o próprio nome já diz, são provenientes de uma demolição, são vendidas por demolidoras e repassadas ao comercio que a vende com um preço razoável comparada com as madeiras de lei novas, em alguns casos o preço sai até pela metade da madeira nova. E já contamos para vocês que a madeira é a material mais sustentável que existe. Para aplicar madeira em áreas molhadas ou úmidas é imprescindível o tratamento adequado de impermeabilização. São ótimas opções, resistentes, versáteis para qualquer ambiente e podem ser aplicadas desde a estrutura ao acabamento.

Espero que tenha gostado! E lembre-se que na hora de procurar materiais sustentáveis verifique as referencias e informações técnicas dos fabricantes.

Até mais,

Om Shanti!

 

Você também pode gostar de